terça-feira, 7 de julho de 2015

Este tempo de Julho


Todos os anos se torna a mesma coisa. Uma dificuldade em trabalhar ,em pensar, em articular e concluir. 
É o tempo em que se fecha um ano mas se projecta o novo e se altera tudo o que correu menos bem. Exige-se uma capacidade de trabalho e de reflexão acrescidas e o espírito já só pensa em férias e em descanso. Tomam-se muitos cafés e em todas as manhãs é necessária uma reflexão séria sobre as minhas prioridades e deveres. No final, tudo se conjugará mas o stress começa a aumentar e a má disposição também. Sou humana e o excesso de trabalho mata todos os dias um bocadinho mais da  alegria de viver
É o mês mais difícil, sem sombra de dúvida.

Um comentário:

José Carlos Reis disse...

O difícil é viver cada momento de cada vez.